Scroll Top

Noticias

Grande vitória na primeira metade da decisão

Fixo Thauan marcou dois na vitória sobre o Horizontina

O Cerro Largo Futsal/Lojas Becker segue acumulando grandes feitos na Taça Farroupilha/Região Noroeste. Na disputa pela vaga na grande final da competição, o time missioneiro recebeu o Horizontina Futsal no sábado, 30 de abril, pelo primeiro jogo da semifinal, e o resultado foi mais uma bela atuação, com vitória de 4×2 para o Cerro.

A comemoração junto com a torcida foi enorme, mas a partir desta próxima semana as atenções já se direcionam para o jogo da volta, em Horizontina, no sábado, 07/05. A partida inicia às 20h e o Cerro Largo Futsal joga com a vantagem do empate para garantir sua vaga na final. Caso o Horizontina vença, a decisão vai para a prorrogação, com dois tempos de 5min. Persistindo o empate na prorrogação, haverá penalidades.

Excursão da torcida

Assim como o Horizontina levou torcida para acompanhar seu time em Cerro Largo, a Camisa 6, torcida organizada do Cerro Largo Futsal, está convidando a comunidade para lotar um ônibus e viajar até Horizontina. A viagem ocorre no dia do jogo, 07/05, em horário a ser definido. O ponto de partida é o Colégio La Salle. Mais informações com Taciana Garcia, pelo número (55) 9 8113-4095.

O jogo

A promessa era de um grande jogo, não apenas dentro de quadra, mas também fora. A torcida do Horizontina estava presente e fez bastante barulho, fazendo a organizada Camisa 6 de Cerro Largo responder à altura – destaque para a grande entrada da organizada do Cerro, com as luzes do ginásio Roque Nedel apagadas e um show de lanternas dos celulares acesas em todo o ginásio.

Em quadra o técnico Adão Vilanova começou com Jacky no gol e, para tentar uma primeira jogada ofensiva, quarteto formado por Airton, João, Andrey e Silas, mas que rapidamente deu lugar a Thauan, Enzo e Peixoto, permanecendo apenas o pivô Silas. Em um jogo que já iniciou intenso, o Cerro teve sua primeira finalização perigosa em chute de Enzo – após escanteio, ele recebeu passe curto na ala direita e chutou cruzado.

Mais ofensivo, o Cerro trabalhava bastante com o intuito de fazer valer o mando de quadra. Fora das quatro linhas a torcida ajudava, não deixando os visitantes cantar mais alto. No entanto, o time visitante se defendia bem e aproveitava suas oportunidades. Aos 6min, Viana, na escapada em um contra-ataque, partiu pela direita e Jacky saiu da área para tirar o ângulo do jogador do Horizontina e abafar o chute que ia para o gol.

Aos 7min o técnico Adão colocou em quadra pela primeira vez nesta temporada o ala prata da casa Gustavo, retornando após meses de recuperação de uma lesão, para alegria da torcida de Cerro Largo. Mas o Horizontina não queria contribuir com essa alegria e o goleiro Luan estava fechando o gol para os donos da casa. Em três lances claros de gol, primeiro ele tirou a bola no chute de Andrey no contra-ataque, à queima roupa, aos 10min35seg . Aos 12min40seg, em jogada trabalhada, Thauan finalizou e Luan defendeu com o pé. Depois, em chute de Peixoto, após escanteio, fez nova defesa, com 13min de jogo.

Para aumentar o tamanho do desafio que o Cerro teria na noite, aos 13min18seg sai o gol de Horizontina. Em um lance de roubada de bola, o ataque do time visitante se posicionou bem e teve duas finalizações defendidas pelo goleiro Jacky, Silas ainda abafou o terceiro chute, mas, na quarta tentativa, Andrew abriu o placar em Cerro Largo. Restando 5min, o pivô Yago, que estava em observação por ter sentido dores na coxa durante os treinamentos, entrou em quadra para tentar algo diferente.

Foram muitas tentativas e pressão nos minutos finais do primeiro tempo, mas parecia que nada adiantava. Foi literalmente no último segundo que as coisas aconteceram. Jacky avançou com a bola, chutou em direção à área, Yago foi empurrado e até poderia ter sido marcada penalidade, mas o chute de Jacky passou pelo marcador e João tocou para as redes, quando faltavam exatamente 48 milésimos de segundo para o final do primeiro tempo! Festa no Roque Nedel pelo empate!

Segundo tempo

O time da casa iniciou o segundo tempo com muita vontade de virar o jogo. Em jogadas rápidas, o Horizontina errou e cedeu algumas chances para o Cerro nos minutos iniciais. Em um dos lances, Silas e Thauan chegaram a trocar passes dentro da área do adversário, mas a finalização de Silas foi pra fora. Em outro erro dos visitantes, Enzo ficou com a bola e finalizou direto, obrigando Luan a fazer boa defesa.

Seguindo com a pressão, o Cerro finalmente alcançou seu objetivo, que era a virada: Thauan carregou a bola no contra-ataque, passou para Peixoto e este chutou direto. A bola bateu na trave e voltou para Thauan, que encheu o pé e mandou para as redes de Luan! Virada e muita comemoração do time com sua torcida, aos 4min25seg! O Horizontina reagiu ao gol com pressão sobre o Cerro. Com isso, nos minutos seguintes, foi a vez do time da casa se colocar na defensiva.

Os visitantes estavam na pressão, mas quase levaram o terceiro quando Airton interceptou passe na quadra de defesa do Horizontina. Mesmo distante da marca do tiro livre, o chute de canhota foi preciso e forte, um verdadeiro torpedo que o goleiro Luan espalmou pra fora do gol em uma bela defesa. Mas se o gol não saiu desta vez, foi logo depois, aos 6min11seg, e com a estrela de Gustavo. Em mais uma das poucas entradas dele em quadra, voltando de uma longa lesão, ele recebeu de Andrey, na entrada da área. Com a defesa de Horizontina desorganizada, Luan saiu e Gustavo tocou rasteiro na saída do goleiro: Cerro 3×1!

Os donos da casa estavam em vantagem, mas ainda tinha muito jogo pela frente: quase na metade do segundo tempo Katatau fez boa jogada pela esquerda, ganhou do marcador e chutou para uma boa defesa de Jacky. Depois de um período de pressão dos visitantes, foi a vez de Thauan aparecer de novo, para marcar mais um. Com 9min43seg, em cobrança de bola parada, mesmo distante da área, o fixo do Cerro mandou uma bomba direta, rasteira, que foi parar no fundo das redes de Luan, o quarto gol do time da casa!

Restando 8min para o fim do jogo, o time do Cerro e toda a torcida local reclamou de pênalti em lance onde Peixoto chutou na entrada da área e a bola tocou na mão de marcador do Horizontina. Como a arbitragem nada sinalizou, na sequência do lance os visitantes partiram em vantagem numérica e Jacky vez um milagre defendendo o chute de Catatau, que bateu a poucos metros de distância do goleiro do Cerro.

Antes de chegar aos 7min para o final da partida o Horizontina colocou goleiro linha, revezando entre Marwin, Viana e Teves na posição. Em jogadas de passe rápido o Horizontina buscou criar chances, mas foi apenas quando restavam 2min13seg que Marwin descontou, em um chute de longe, da ala direita, que pegou o goleiro Jacky desprevenido. No fim, a eficiência defensiva do Cerro venceu as tentativas dos visitantes. Placar final, 4×2 para o Cerro.

Genaro Caetano – Assessoria Cerro Largo Futsal/Lojas Becker

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: