Scroll Top

Noticias

Cerro Largo vence em Horizontina e é finalista da Taça Farroupilha

Time e torcida juntos em Horizontina. Resultado foi a classificação histórica. Foto: Genaro Caetano

Após vencer o jogo de ida em seus domínios, o Cerro Largo Futsal/Lojas Becker repetiu a dose e, com nova vitória sobre o Horizontina Futsal, conquistou uma épica classificação para a final da Taça Farroupilha/Região Noroeste. O jogo da volta foi disputado no sábado, 7 de maio, em Horizontina, e marcou um belo episódio na trajetória do Leão Missioneiro.

Agora é final e o Cerro Largo volta a enfrentar a Associação Esportiva Uruguaianense, em dois jogos. O primeiro ocorre neste próximo sábado, 14 de maio, a partir das 20h, em Cerro Largo. A partida da volta ocorre em Uruguaiana, no sábado, 21 de maio.

O jogo

Em um clima empolgante, o Cerro contou com o apoio da torcida Camisa 6, que foi até Horizontina apoiar e lotou o espaço reservado para os visitantes no ginásio Édio Stoll, deixando alguns outros torcedores visitantes fora da área reservada, mas logo ao lado, com a devida demarcação por parte da diretoria do Horizontina. A torcida local, a T10, também fez uma grande mobilização e assim começou a decisão, com muito barulho desde o aquecimento.

O técnico Adão Vilanova começou com Jacky no gol e quarteto formado por Thauan, Enzo, Peixoto e João. Precisando vencer no tempo normal para forçar a prorrogação, o adversário começou com muita intensidade, buscando o ataque e marcando forte querendo forçar o erro. Em muitos momentos as entradas eram excessivamente fortes, mas a arbitragem tratou de distribuir alguns cartões logo nos primeiros dois minutos de jogo, o que acalmou um pouco os ânimos.

Com a bola no chão, mas ainda diante de uma disputa física muito forte, o Cerro abriu o placar em Horizontina aos 3min de jogo. Em cobrança de bola parada, próximo do centro da quadra, Airton chutou forte e Enzo desviou com as costas para o gol. Assim, com gol do aniversariante do dia, os visitantes começaram na frente. O Horizontina quase empatou logo depois, quando Andrew passou para Teves, que chegava pela ala esquerda sem marcação e chutou direto para o gol, mas Jacky vez uma excelente defesa, com a bola ainda tocando no travessão.

Apesar de saber lidar com a pressão, o Cerro não conseguiu evitar o empate dos donos da casa aos 4min19seg: Teves recebeu na entrada da área, se livrou da marcação e tocou para Catatau, livre, na cara de Jacky, balançar as redes. O resultado ainda favorecia o Cerro, que jogava pelo empate e soube atuar muito bem na sequência que se apresentava, fazendo o time da casa chegar à 5ª falta, restando 9min27seg para o final do primeiro tempo.

Com muita disciplina tática, o Cerro teve êxito em frustrar as intenções do Horizontina em virar o jogo e, com 5min38seg restantes, para o final do primeiro tempo, Enzo sofreu a sexta falta em favor do Cerro. Thauan foi para a cobrança e deixou o Leão Missioneiro na frente mais uma vez! A pressão obviamente aumentou nos minutos finais e os visitantes até chegaram a cometer a 6ª falta, mas sem se comprometer mais no restante do primeiro tempo.

Segundo tempo

O Cerro começou o segundo tempo com a mesma equipe que iniciou a primeira etapa. O Horizontina precisava de dois gols para levar a vaga. Por isso, o time da casa começou finalizando muito a gol, com o primeiro chute logo aos 30seg, pelo pé de Marwin, para defesa de Jacky. A pressão teve sequência durante toda a primeira metade do segundo tempo e surtiu efeito aos 8min29seg, quando, em jogada do Horizontina pela ala direita, a arbitragem marcou mão dentro da área do Cerro, gerando penalidade para o time da casa. O capitão Teves foi para a cobrança e empatou o jogo: 2×2.

Sem poder levar mais nenhum gol, sob o risco de perder a vantagem duramente conquistada, o Cerro saiu mais para o ataque na sequência do jogo e foi feliz, poucos minutos depois de sofrer o empate. Em cobrança de escanteio, Peixoto recebeu na ala oposta, emendou de primeira para a área do Horizontina e Andrey, sem marcação, tocou para o gol! Placar de 3×2 para os visitantes!

Andrey marcou o gol da vitória, justamente seu primeiro gol com a camisa do Cerro

Com goleiro linha, o Horizontina colocou suas últimas fichas em jogo para levar a partida para a prorrogação. Algumas jogadas até chegaram a entrar, mas Jacky sempre estava lá para salvar o dia, como em uma oportunidade restando 3min53seg, quando Teves recebeu no segundo pau e chutou direto. Jacky impediu o gol e, na sequência, Teves chutou novamente, no rebote, na trave. Ao som da torcida Camisa 6 o Cerro foi vencendo cada etapa dessa dura decisão, passando por cada segundo de pressão do Horizontina, até chegar ao momento do apito final e da enorme comemoração com seu torcedor, na merecida classificação para a final da Taça Farroupilha!

Genaro Caetano – Assessoria Cerro Largo Futsal/Lojas Becker

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: